< Voltar para notícias

Rally da Pecuária 2018 avalia regiões com alta densidade de confinamentos

Expedição técnica visitará propriedades e realizará eventos para produtores rurais em Araçatuba (SP), Barretos (SP) e Ituiutaba (MG)

O Rally da Pecuária 2018, maior expedição técnica privada do Brasil com foco na avaliação das condições da bovinocultura e das pastagens,avaliará, durante a próxima semana, algumas das principais regiões de confinamentos no País. Estão na rota da expedição o Centro-Oeste paulista, o Triângulo Mineiro e o Sul de Goiás, que se consolidaram também como modelos de prestação de serviços de terminação – os chamados boitéis - negócio que cresceu e se adaptou em diversas regiões do País.

A equipe técnica chegará a Araçatuba, no interior paulista, no dia 23 de julho, segunda-feira, onde realizará, à noite, evento técnico para produtores. Na terça, os técnicos seguirão para Barretos e promoverão novo evento. No dia 26, a expedição deixará o Estado e seguirá para o Triângulo Mineiro, na região de Ituiutaba, que também receberá um dos eventos da expedição. No dia 27, o Rally estará na região Sul de Goiás, em Santa Helena de Goiás, finalizando o trecho no dia seguinte, em Goiânia.

A pecuária dessas regiões vem se modernizando há anos, influência antecipada da competição com atividades mais rentáveis no uso da terra. O avanço da cana-de-açúcar e das lavouras de grãos, principalmente, impôs um ritmo tecnológico acelerado nas propriedades pecuárias. Além da pressão pela área e pela busca de equivalência na rentabilidade, os pecuaristas puderam contar com a disponibilidade de alimentos e derivados da agroindústria para operar os confinamentos.

Para os confinadores, com alta de 20% nos custos de produção, o momento é delicado e repleto de incertezas. Segundo Davi Silvestre, analista de mercado da Athenagro, existe ainda a polêmica que envolve as exportações de gado vivo pelo estado de São Paulo. “Visitaremos alguns confinamentos que atuam nesse segmento no momento em que a Assembleia Legislativa do Estado ameaça proibir as exportações pelos portos paulistas”, explica.

“O Rally estará na região que sofrerá os maiores impactos da eventual proibição durante o desfecho dessa questão, o que nos força a apresentar números ainda mais atualizados para os próximos três eventos que serão realizados na última semana de julho”, explica o engenheiro agrônomo Maurício Palma Nogueira, coordenador da expedição. A Athenagro, que, em conjunto com a Agroconsult, realiza o Rally da Pecuária, prepara uma análise inédita sobre o comportamento de mercado, que será apresentada nos eventos e nas diversas oficinas (reuniões com produtores), organizadas pelos patrocinadores.

Apesar do cenário adverso, o coordenador do Rally não acredita em retração na quantidade de animais confinados. “No Brasil, o confinamento é necessidade e consequência da opção dos pecuaristas em intensificar a produção das pastagens”, avalia Nogueira.

 

ROTEIRO

O Rally da Pecuáriapercorrerá em 2018 cerca de 60 mil quilômetros nos principais pólos pecuários do Brasil.As equipes realizarão 12 eventos com pecuaristas e profissionais do mercado com o tema “Planejamento e foco em ambientes turbulentos”, com foco nas estratégias que definirão a permanência dos pecuaristas no setor nos próximos anos. Estão previstas ainda outras 18 oficinas da produtividade, encontros e debates com produtores e técnicos ao longo do trajeto.

A expedição vai a campo entre os dias 18 de junho e 1 de setembro com 7 equipes técnicas que visitarão 11 Estados - Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Pará, Mato Grosso, Rondônia e Acre.  Entre os dias 1 e 19 de setembro, a equipe técnica finalizará as análises dos dados obtidos em campo, que irão compor os relatórios distribuídos ao setor.

O Rally da Pecuária, organizado pela Athenagro e Agroconsult, é patrocinado por CortevaAgriscience™ - Divisão Agrícola da DowDuPont, JBS, OCP, Ourofino Saúde Animal, Phibro Animal Health, Santander e Amarok / Volkswagen, com apoio do GTPS (Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável), Agrosatélite, Webmotors, FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), ABIEC (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes), GBP (Grupo Pecuária Brasil), CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) e SRB (Sociedade Rural Brasileira).

 

Palestra: “Planejamento e foco em ambientes turbulentos”

Data: 23 de julho, 18h

Local: Sindicato Rural da Alta Noroeste (SIRAN)

Endereço: Rua Oscar Rodrigues Alves, 55, Sobreloja - Centro – Araçatuba/SP

Inscrições: http://www.rallydapecuaria.com.br/rally/2018

Apoio: FAESP/CNA e SIRAN

 

Data: 24 de julho, 18h

Local: ExpoAgro Barretos - Recinto Paulo de Lima Correia  

Endereço: Avenida 23 com a rua 34, s/n - Praça Nove de Julho, Barretos

Inscrições: http://www.rallydapecuaria.com.br/rally/2018

Apoio: FAESP e SIRVARIG (Sindicato Rural do Vale do Rio Grande)

 

Data: 27 de julho, 18h

Local: Viva Eventos   

Endereço: Av. 1 com 36, Nº 135, Bairro Progresso – Ituiutaba/MG

Inscrições: http://www.rallydapecuaria.com.br/rally/2018

Apoio:FAEMG/CNAe SIPRI (Sindicato Rural de Produtores de Ituiutaba)

 

Roteiro – Equipe 3                           

23/07    2ª feira                   ARAÇATUBA                          SP            EVENTO

24/07    3ª feira                   BARRETOS                              SP            EVENTO

25/07    4ª feira                   BARRETOS                              SP           

26/07    5ª feira                   ITUIUTABA                             MG          EVENTO

27/07    6ª feira                   STA HELENA DE GOIÁS         GO          

28/07    Sábado                   GOIÂNIA                                 GO           Final do trecho

 

 

Informações à Imprensa:

Ana Carolina Silveira / Angela Gusikuda

(19) 3305-2887/(19)9 9791-8261

carol@carolsilveira.com.br ; angela@carolsilveira.com.br